Por pbagora.com.br

Segundo o vereador da oposição, Lucas de Brito (DEM) a ideia de denunciar o motorista da prefeitura de João Pessoa que estaria sendo ‘chofer’ do ex-prefeito Luciano Agra (PEN) e colocar até dados de contracheque do trabalhador na mídia seria da própria prefeitura da Capital a fim de forçar um rompimento entre Agra e o prefeito Luciano Cartaxo (PT).

 

"Os dados sigilosos do servidor são acessíveis a partir da própria administração e esses dados foram levados a público pelos meios de comunicação. Parece que Cartaxo tem interesse no rompimento. Ele deve ter divulgado tudo isso para provocar ou antecipar um rompimento anunciado", explicou Lucas.

 

Em defesa do prefeito, o vereador Benilton Lucena (PT) afirmou que não há interesse algum de Cartaxo em romper com Agra.

 

"O prefeito Agra foi um dos que ajudou Cartaxo a chegar a Prefeitura de João Pessoa. Nós estranhamos um contracheque sendo exposto desta maneira. Ele era motorista do ex-prefeito e agora estaria fazendo o mesmo de forma particular, que mal tem isso? 

 

Sobre o possível vazamento das informações sigilosas pela prefeitura, Benilton acha improvável e inadimissível.

 

"Isso não existe, é inadimissível. Há vários informantes a procura de informações, inclusive há um vídeo que foi feito acompanhando o ex-prefeito. Disseram que o carro era da Prefeitura e depois que era particular. Qual o problema de um servidor público em horário fora do expediente trabalhar de forma autônoma? muitos policiais fazem segurança de estabelecimentos e eventos. É natural sem problema!", salientou o petista.

 

Para Lucas, o prefeito teria interesse em retirar do seu lado, peças que lhe ajudaram, mas que agora estariam atrapalhando, como Luciano Agra e o vereador Raoni Mendes (PDT). Benilton diz que não.

 

"Parece ser uma estratégia realmente de imprimir uma marca pessoal do PT na prefeitura se livrando das pessoas que talvez só foram úteis no processo eleitoral e agora estariam atrapalhando", justificou Lucas de Brito.

 

"Não há problemas com aliados. Vários parlamentares que poderiam estar na oposição são aliados da gestão Cartaxo. Temos aliados do PSDB, PSB, DEM, PSD. Não há nenhum trabalho neste sentido de afastar aliados", finalizou Benilton.

 

Entenda o caso:

 

Agra é flagrado utilizando serviços de motorista pago pela gestão Cartaxo

 

Vanessa de Melo

PB Agora

 

 

Notícias relacionadas

Covid-19: deputado paraibano responsabiliza Ministro da Saúde pela falta da 2ª dose

  O Deputado Estadual Anísio Maia, durante a 11ª sessão remota, da Assembleia Legislativa da Paraíba, culpou o Ministro da Saúde Marcelo Queiroga e o Governo Federal pela falta de…

Aprovado projeto que garante R$ 2 bi para auxílio e projetos culturais

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (21) o Projeto de Lei 795/21, do Senado, que reformula a Lei Aldir Blanc e prorroga prazos de utilização de recursos repassados a…