A vereadora Raíssa Lacerda (PSD) revelou que a bancada de situação fez um requerimento e convocou uma nova sessão para a tarde  desta quarta-feira (27) para limpar a pauta e votar a Lei de Orçamento Anual (LOA).

De acordo com a parlamentar dezoito vereadores irão comparecer a sessão e o regimento pede que são necessários 14 para a sessão poder ser aberta.

"Três horas da tarde iremos votar a LOA. Os vereadores vão almoçar, voltaremos num total de 18 vereadores, o foro pede 14 para iniciar a sessão de acordo com o nosso regimento iremos votar a Lei Orçamentária Anual que é importantíssima. Votaremos tudo, limparemos a pauta em respeito ao povo de João Pessoa" disse.

Para o líder da oposição, vereador Bruno Farias, a oposição não irá desocupar Mesa do plenário e caso a sessão tenha início eles vão judicializar para que, segundo ele, seja cumprido o regimento interno da Casa.

 "Nós permaneceremos num ato de protesto em defesa do regimento e contra a prepotência da Prefeitura Municipal. Essa é uma Casa de leis precisa observar o respeito ao regimento interno e não é possível que a Câmara Municipal se ajoelhe perante à prefeitura. Estaremos na mesa porque nós estamos a defender o regimento interno" disse.

Bruno ainda acrescentou que a palavra do prefeito Luciano Cartaxo e do secretário de articulação política não valem " um risco na água", já que ontem foi decidido pelo consenso e hoje ele foi quebrado.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Pedro evita polemizar imbróglio envolvendo Tovar, Ludgério e Bruno

Presidente estadual do PSDB na Paraíba, o deputado federal Pedro Cunha Lima evitou polemizar, durante entrevista nesta sexta-feira (03), o imbróglio envolvendo os deputados Manoel Ludgério (PSD), Tovar Correia Lima…

STF determina liberdade de prefeito que guardou propina da cueca, na Paraíba

A decisão foi do ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), e resultou na libertação do prefeito afastado de Uiraúna, João Bosco Fernandes (PSDB), Bosco foi preso no…