Diferentemente do que ocorreu em 2016, quando a oposição lançou três candidaturas à prefeitura de Campina Grande, em 2020 a história será outra. Dessa vez o bloco tem se reunido com antecedência para lançar uma candidatura única que represente o contraponto a atual gestão do prefeito Romero Rodrigues (PSD). Pelo menos é isso que prevê o deputado estadual Inácio Falcão, do PCdoB, que já se colocou à disposição do grupo para encabeçar a chapa majoritária.

Segundo ele, atualmente o grupo está unido no propósito de evitar divisões já no primeiro tuno do pleito.

– Temos um ponto muito positivo para 2020, que é a questão da união das oposições. Temos nos reunido bastante, temos discutido projetos que são interessantes para 2020. Esse projeto que estamos trabalhando e construindo junto com todos os membros, que faz a oposição à gestão municipal de Campina Grande, têm um único entendimento: que será um candidato só – disse.

Em 2016, além do candidato do PSB à época, Adriano Galdino, a oposição lançou o nome do hoje senador Veneziano Vital do Rêgo (MDB) e do empresário Arthur Bolinha, pelo PPS.

 

PB Agora

 


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Vereador alerta para o risco de desabamento de prédio em CG e cobra atuação dos órgãos de fiscalização

Quem nunca se pegou “apreensivo” ao passar perto de uma obra e ter medo de que algo caia lá de cima que atire a primeira pedra. Isso é mais comum…

Em Teresina, João assegura expansão do app ‘Preço da Hora’ para todo o NE

O aplicativo ‘Preço da Hora’, implantado recentemente na Paraíba, será expandido para todos os Estados do Nordeste. A garantia foi dada ao governador João Azevêdo pelos demais gestores da região,…