A Paraíba o tempo todo  |

Opinião: Sem máscara!

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Tive analisando essa proposta conflitante do nosso Presidente Bolsonaro, em tentar levar uma parte do povo a não usar máscara. Nisso aí não concordo com ele: todo mínimo de cuidado e precaução contra esse vírus mortal e assolador se torna muito. Se a máscara não é de todo eficaz, porém, traz em si benefícios e não temos quase nada para nos proteger a não ser a vacina, que até agora está chegando de gotas ao nosso país, a máscara e a distância social.

Na verdade são dias difíceis onde necessitamos nos agarrar a tudo que venha com cara de ajuda para defender-nos dessa praga. Sábado houve o passeio de moto em São Paulo, o governador Doria exigiu os cuidados legais para todos os participantes, inclusive máscaras. Essa afirmação sua vai direta aos ouvidos do Bolsonaro. Sabemos que há uma disputa política generalizada no Brasil nesse momento, ainda mais entre esses dois líderes.

Doria se faz presente num final de semana deleitando-se na piscina de um luxuoso hotel no Rio de Janeiro e rodeado de pessoas, segundo Bolsonaro, de: “ tanga apertada e perna fina.” (Picuinhas). No entanto, isso não é motivo para Bolsonaro sair com essa opinião do liberou geral, sem máscara. Sabemos que o João Doria é seu arqui-inimigo político, porém, essa atitude não se justifica baseada na premissa de desafetos.

Bolsonaro pôs o atual ministro da saúde, o paraibano Marcelo Queiroga, numa encruzilhada, sem necessidade. Foi desrespeitoso com o ministro da saúde, quando falou: “Um tal ministro da saúde”. Eu sempre oro pelo Brasil, para que não venha o desastre e a esquerda que no momento está invadindo quase todos os países da América Latina, com sua filosofia e política marxista, não encontre ninho em nossa nação. As populações de: Argentina, Venezuela, Bolívia, Peru, México e outros países mais, que são nossos vizinhos, estão no desespero por optarem por caminhos de esquerda, isso aconteceu pela ineficácia dos seus líderes de direita que estiveram ao mando da nação e se mostraram ineficazes.

Não queremos uma América Latina vermelha. Parece que estamos entregando de bandeja o ouro ao inimigo. Admiro em grande parte os 22 ministros que assessoram o Presidente Jair Bolsonaro, alguns deles têm feito um trabalho extraordinário, não podemos negar, as vezes me assombra como o nosso Presidente se porta. Alguns dizem para mim que Bolsonaro diz uma coisa e atua de outra, ou seja: fala uma bobagem e atua corretamente, porém, aí é onde se encontra o problema, nessa pancada descompassada do bombo perdemos tempo e levamos a população à incertezas, não precisamos desse tom na música política e sim de segurança e determinação.

Votei no Bolsonaro e a preço de hoje lhe daria o voto mais uma vez, até porque, não vejo outra opção. Peço a Deus que as coisas se encaixem, Bolsonaro dê certo e não tenhamos que conviver outra vez com o PT ou uma oposição liderada por Ciro Gomes & companhia sentada na cadeira da presidência. Continuo um Bolsonarista consciente e de pés no chão, pedindo a Deus por melhores dias para nossa nação brasileira. O nosso povo atualmente chora e geme, não queremos despedir nosso líder politicamente, porém, esperamos melhores ações e controle eficaz do dono da casa!

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      1
      Compartilhe