A Paraíba o tempo todo  |

Opinião: Queiroga dá vergonha, mas é justo que o tratamento seja bancado pelo Governo

Vá lá que Marcelo Queiroga tem causado uma baita vergonha ao Brasil e, sobretudo, à Paraíba, seu Estado; Mas não significa que por isso, ou qualquer outra razão, o erário não tenha que bancar os custos do seu tratamento nos States.

Tem que pagar, sim. Afinal, Marcelo Queiroga – independente de suas lambanças e dos constrangimentos que nos tenha causado perante o mundo – estava em missão oficial, compondo a comitiva do presidente Jair Messias Bolsonaro à ONU, quando foi diagnosticado com a Covid-19.

É verdade que não pegou bem para o nosso Brasil-pátria-amada o fato de o seu ministro da Saúde ser diagnosticado com Covid-19, ainda mais em meio a uma missão internacional tão importante. Mas foi apenas uma coincidência, ora. Qualquer um está passível de ser contaminado, ainda mais uma pessoa de um governo negacionista que desaconselha a vacina, o uso de máscaras e, por último, ele próprio achar desnecessária a vacinação dos mais jovens.

Não é nada demais um ministro adoecer e, estando em missão oficial, o erário bancar os gastos com o tratamento. Eu, como contribuinte, não me sinto nem um pouco prejudicado.

O pior

Feio mesmo (aí, sim) foi aquela presepada de Marcelo Queiroga, de descer do patamar de ministro de Estado, para se trocar com frenéticos manifestantes, em Nova Iorque, ainda mais esticando os dois dedos médios em gesto obsceno, vulgar e impróprio para tal ocasião.

No mesmo dia, ouvi um invejoso numa emissora de rádio comentar que o paraibano Marcelo Queiroga pensava que estava em casa na hora do jantar. Pense num povinho baixo! Certamente era um daqueles vermelhos desocupados que vivem de torrar a paciência dos homens de bem…

As pessoas também exageram, convenhamos. Vejam só: outro ouvinte ligou pra emissora de rádio para insinuar que no confronto das obscenidades com os manifestantes, o ministro Marcelo Queiroga estaria tentando se projetar para o mundo como urologista, exibindo aquele dedão de Long-Dong.

Gente, vamos parar com tanta cavilação. Só pra começar, o ministro da Saúde é cardiologista e presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia; não tem nada a ver com Urologia. Vocês, também, nammmm….

Custos

Segundo a imprensa noticiou, a quarentena do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, em Nova Iorque, deverá custar ao menos R$ 30 mil apenas em hospedagem.

E daí?! Pode custar R$ 40 mil, tem que ser pago, ora. E se ele estava em missão oficial, seja pra promover lambança, ou não, o Estado tem que bancar tudo.

Fim de papo!

Wellington Farias
PB Agora


    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      1
      Compartilhe