A Paraíba o tempo todo  |

Opinião: Politizando voo inaugural!

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Sei que tudo o que vier para o desenvolvimento do estado da Paraíba é bem vindo, porém, uma pergunta fica no ar: por que esse voo que sai do Recife a Patos, na Paraíba, não passa pelo aeroporto Castro Pinto em João Pessoa, já que a distância entre os dois itinerários fica dentro dos 300 km? Seria unido o útil ao agradável, com duas capitais e uma cidade interiorana.

Eu creio que nesse voo inaugural deveria caber homens de negócios da cidade de Patos e dois ou três passageiros representando o movimento do dia a dia. Menos politicagem, é o que necessitamos neste momento. Numa nave que suporta apenas nove passageiros e dois tripulantes não deveria haver estardalhaço político.

Para ser sincero, os políticos deveriam dar o pontapé inicial e deixar o povo desfrutar no ar desse primeiro voo, pois são eles os que irão usar no cotidiano essa nave com investimento de seus próprios recursos.

A mentalidade nordestina de desenvolvimento local ainda continua muito pobre e se mescla febrilmente com uma política de coronéis locais. Estamos a gritar por mentes brilhantes!

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      2
      Compartilhe