A Paraíba o tempo todo  |

Opinião: Paulino traduz o verdadeiro sentimento do MDB histórico: Veneziano só na outra

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Excetuando-se o famoso “tudo é possível na política”, uma coisa está cada vez mais clara: a suposta conversa do senador Veneziano Vital com o seu adversário histórico, Cássio Cunha Lima, pode até ter se ocorrido, mas não prosperará se porventura na pauta estava uma aliança entre os respectivos partidos, para um projeto eleitoral em detrimento do governador João Azevedo.

Na entrevista ao radiofônico líder absoluto de audiência, o Correio Debate, nesta teça-feira (27), o ex-governador e atual secretário de Governo, Roberto Paulino, deixou claro o seguinte, sobre este suposto entendimento político entre Cássio e Veneziano: ainda não é a vez de Vené.

Na opinião de Roberto Paulino, o nome do senador Veneziano Vital do Rego é uma pedra preciosa que o MDB vem lapidando há muito tempo e, agora, está preparando para a sucessão do próximo governador da Paraíba.

“Uma candidatura própria é o ideal para todo partido; até defendi muito no tempo de Zé Maranhão. Mas, agora, o MDB tem outra perspectiva de poder: Veneziano é o nome para ser trabalhado para 2026”, frisou o ex-governador paraibano.

Na entrevista, Roberto Paulino deixou transparecer o real sentimento do seu partido, com relação à disputa para governador do Estado: o MDB quer mesmo é marchar unido em torno da pré-candidatura do governador João Azevedo à reeleição.

Quem cala…
Roberto Paulino atribuiu a notícia sobre a suposta conversa ao ex-governador Cássio Cunha Lima que, tentando plantar dúvida dentro das hostes do MDB e governistas, fez seu nome ressurgir no noticiário e nas badalações políticas nas últimas horas.

Mas aí tem um detalhe: o senador Veneziano Vital do Rego também não desmentiu a suposta conversa. Pelo menos de sua própria boca não se ouviu nada a respeito. E já diz o velho adágio popular: quem cala consente.

Nos bastidores da política também se atribui ao ex-governador Cássio Cunha Lima a tentativa de baldear a água do poço de João Azevedo; e, por outra via, o senador Veneziano Vital do Rego estaria, com o seu silêncio a respeito, tentando se valorizar ainda mais enquanto liderança política influente no processo eleitoral.

O cara
Tantos os analistas políticos como emedebistas históricos também reconhecem que, hoje, a liderança de maior expressão do MDB é, sem sombra de dúvidas, o senador Veneziano Vital.

E que, em qualquer momento que o partido decidir por uma candidatura própria, não haverá outro nome, a não ser o dele.

O provável resultado de tudo isso: entre mortos e feridos, todos vão escapar…

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      1
      Compartilhe