O jornalista político Wellington Farias analisou a articulação política na gestão do governador João Azevêdo e sua influência nesse início de gestão sobre o Poder Legislativo

No campo administrativo, João vem com a proposta de dar continuidade ao projeto do PSB, iniciado pelo ex-governador Ricardo Coutinho, no entanto, segundo Wellington, no campo político, o cenário deverá ser bem diferente.

Na TV PB Agora, Wellington analisou a repercussão da eleição de Adriano Galdino para o Palácio da Redenção e de que forma fica a posição do governador em relação a sua base na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB). 

A vitória de Adriano Galdino no 1º biênio e sua reeleição para o 2º, além de ter demonstrado uma quebra de acordo feito entra a base e o Palácio, mostrou também, de acordo com Farias, fragilidade na articulação política do novo governador.

Confira abaixo vídeo com a análise de Wellington Farias.

PB Agora

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Pré-candidato à PMJP, Virgulino se coloca como único representante da direita

Disposto a entrar na disputa pela Prefeitura Municipal de João Pessoa, o deputado estadual Wallber Virgolino acredita ainda na possibilidade de colher efeitos trazidos pela onda de direita levantada em…

Romero deixa para agosto decisão sobre escolha do sucessor em CG

Os pré-candidatos da base aliada do prefeito Romero Rodrigues (PSD) terão que aguardar mais alguns dias para saber quem será o escolhido para disputar a sucessão municipal em Campina Grande.…