A Paraíba o tempo todo  |

Opinião: Bruno Cunha Lima está certíssimo em não receber Lula. A história dele é com Bolsonaro

Não tem nada de errado em o prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima, não querer receber o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva (PT) na Rainha da Borborema. É um direito dele. Sinceramente,  não sei pra que tanto blá blá blá a respeito.

Bruno Cunha Lima tem mesmo é que receber o presidente Jair Messias Bolsonaro, ainda sem partido.

Ora, o prefeito Bruno tem tudo a ver com o “mito” Bolsonaro: ambos têm enormes afinidades ideológicas; Bruno pensa como Jair, tem um perfil totalmente afinado com aquela elite que se apoderou de verde e amarelo e, como senfosse mais patriota que os outros, foi às ruas para derrubar a presidente Dilma e também elegeu a sumidade encabeçada no Palácio da Alvorada; aquela elite que se sentiu totalmente no poder com a ascensão de Jair Bolsonaro à Presidência da República para tocar um projeto de governo e de poder que só pensa nos abastados, nos brancos de olhos claros. Projeto totalmente em detrimento de uma enorme maioria (numérica), mas minorias quanto aos direitos.

O prefeito de Campina Grande não tem absolutamente nada a ver com o ex-presidente Lula. Afinidade nenhuma, zero. São antagônicos em tudo. Ideologicamente,  nem se fala…

Institucionalmente, é natural que o prefeito de Campina Grande receba Jair Messias Bolsonaro,  que é presidente da República

Serraria


A minha terra Natal completou nesta terça-feira (13) 124 anos de emancipação política. Comemorou em grande estilo, com uma série se inaugurações, além de seis viaturas para atender às necessidades de vários órgãos da administração pública.

O Estádio Municipal Olegário Juscelino, que foi totalmente remodelado pelo ex-prefeito Brizola, ganhou um plus e tanto: arquibancadas, sanitários e até cabine de imprensa.

À solenidade também estiveram presentes o deputado Tião Gomes e a senadora Daniella Ribeiro, além do filho do deputado Ruy Carneiro, que representou o parlamentar.


    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      1
      Compartilhe