A Paraíba o tempo todo  |

Opinião: Bolsonaro agora é centrão!

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Segundo o rumo da carruagem, Bolsonaro está indo bater na porta de uma sigla que pertence ao centrão. Aliás, Bolsonaro é oriundo desse ninho. Tentou se esquivar do mesmo, mas hoje percebe que não é possível governar sem o apoio desse grupo. O que é centrão? É aquele grupo de deputados e senadores que ficam em cima do muro e pendem para onde a corda estiver mais forte, em outras palavras: são os mamadores das benesses que oferecem o poder.

O centrão não tem ideologia firme, simpatia com a dor e os gritos das vozes roucas das ruas, nem das necessidades mais urgentes da nação, só pensa no seu umbigo. Você pode perguntar: “essa foi uma jogada de mestre do Presidente Bolsonaro?” Absolutamente que não. Eu diria que foi um ato de sobrevivência política, ou tirava essa carta da manga ou seu governo ia capengar até o fim de 2022.

Na verdade, nenhum executivo no poder público jamais conseguirá governar com êxito, sem a convivência pacífica com os políticos poderosos de plantão, principalmente na nação brasileira. Foi bom o que fez Bolsonaro? Eu diria que não…porém, é a única saída para que seu governo sobreviva politicamente. O centrão, é formado em grande parte, por raposas velhas da política brasileira; famigerados e sanguessugas do poder. O centrão, alinha-se com qualquer governante de plantão, conquanto que seus desejos sejam satisfeitos. Foi assim, que esse grupo atuou no governo do Fernando Henrique, Lula, Dilma, Temer.

Eu estava até achando demorada a não mordida desse grupo no governo Bolsonaro. A Casa Civil, será entregue a um representante do centrão, ou seja: a chave de entrada ao Palácio do Planalto, estará nas mãos desse grupo. Talvez o Presidente Jair Bolsonaro anuncie nos próximos dias a sua entrada no PP, sigla que faz parte do centrão e a qual o Presidente já pertenceu. O PP, é uma das maiores siglas desse grupo. Já que rendeu-se a raposa velha, Bolsonaro deve ficar de olho no que tem guardado no cofre, ou seja, o dinheiro público.

Se essa gente vai lá e não encontra um guarda de plantão, a desgraça está feita. Os partidos de esquerda como: PT, PSOL, PSB. PDT, etc… com certeza não ficaram alegres com essa jogada do Bolsonaro, pois, apesar dos pesares, a união a esse grupo debilita qualquer possibilidade da esquerda, em fragilizar ou matar o governo Bolsonaro antes do fim de seu mandato. Por fim, pedimos a Bolsonaro que mantenha um olho no padre e outro na missa, pois, os bezerros esfomeados do centrão, estão em campo, caso contrário o estrago será feio.

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      1
      Compartilhe