Em novos áudios do ex-governador Ricardo Coutinho gravados por Daniel Gomes e repercutidos na tarde desta sexta-feira, 03, pelo programa Correio Debate, Ricardo aparece falando da vice-governadora Lígia Feliciano (PDT), que ocupava o mesmo posto durante a sua gestão.

Na conversa com Daniel, Ricardo revela o medo de Lígia dar um “cangapé” em todo o mundo envolvido na organização.

Ainda de acordo com a fala do ex-governador, o problema não era tanto a vice-governadora mas seus familiares, incluindo o marido deputado Damião Feliciano (PDT e um dos filhos do casal.

“O marido já fez. O filho é horrível, horrível, tanto é que o filho eu nem deixo entrar na sala que eu tou. É pesado, aí eu não posso porque se tivesse um instrumento aí tudo bem, que dissesse oh, tá aqui você não pode mudar nenhum membro do governo aí eu tocava até dezembro e ela viraria governadora, o problema é que ela e Damião vão dizer, não tudo bem aí chega lá arruma uma confusão” diz.

OUÇA:

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Opinião: Bolsonaro resgata o clima de hostilidade à imprensa, vivido na ditadura

Bolsonaro sempre se apresentou como uma proposta verdadeiramente perigosa e ameaçadora à jovem democracia brasileira. Um grosso, truculento; daqueles que lembram os patéticos arroubos de ignorância do general Newton Cruz…

Análise – ALPB abre os trabalhos em fevereiro com duas bombas: a Fundação PB Saúde e reforma da Previdência

O brasileiro costuma afirmar que o ano só começa após o carnaval. Essa afirmação momesca, no entanto, reside no imaginário coletivo do povo brasileiro, mas, de fato, um novo ciclo…