O vereador Olimpio Oliveira ao analisar a ‘queda de braço’ entre a Prefeitura Municipal de Campina Grande (PMCG) e o Governo do Estado pela autoria da implementação do projeto do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) na cidade, o parlamentar campinense propôs a união das forças políticas para a concretização do projeto na Rainha da Borborema. “Torço para que, finalmente, o trem entre na linha.”

“Falo com a preocupação de quem foi o primeiro político de Campina a pautar o tema VLT. Naquela época, em 2010, muitos sequer sabiam que existia esse modal de transporte, disse Olimpio, lembrando que os trilhos cortam a cidade desde o bairro do Araxá, onde temos o Hospital da FAP, passando pela UEPB, UFCG, seguindo pelos bairros do Pedregal, Santa Rosa, Centenário, Tambor Itararé, indo até o Distrito de Galante.

Em dezembro de 2010, Olimpio apresentou na Câmara Municipal de Campina Grande (CMCG), apresentou um requerimento ao então prefeito de Campina Grande Veneziano Vital do Rêgo para a realização de estudos de viabilidade técnica que permitisse a instalação desse equipamento na cidade. Estudos esses feitos.

Redação com assessoria

Total
1
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Cássio não sinaliza disputar PMCG e diz que Romero conduzirá processo

Apesar da acolhida calorosa dos campinenses durante a entrega das casas do Complexo Aluízio Campos ocorrida nessa segunda-feira (11), o ex senador Cássio Cunha Lima (PSDB) praticamente descartou a possibilidade…

‘PT não tem que fazer autocrítica’, diz Lula em evento do partido

Em seu primeiro ato partidário desde que foi solto da carceragem da Polícia Federal na última sexta-feira (7), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou que o PT…