A deputada estadual Olenka Maranhão (PMDB) disse que as relações familiares entre o ex-governador José Maranhão e o sobrinho dele, o deputado federal, Benjamin, “são caras e não podem ser tratadas ao dissabor de conveniências políticas”.

Ela afirmou que se Benjamin quer ser candidato a deputado federal tem o direito, assim como também o presidente do PMDB estadual, José Maranhão.

– Para a disputa de deputado federal existem 12 vagas. Então, desconhecer a força do nome de Benjamin eu estaria, acima de tudo, praticando uma injustiça com a história dele, que já foi prefeito, deputado, capaz de um ato de muita dignidade e de renúncia e, acima de tudo, de um compromisso partidário muito forte. Mas reconheço também que o nome de Zé Maranhão é forte para qualquer cargo que ele venha a disputar – afirmou a deputada.

 Redação

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Análise: PSB-PB terá comissão provisória nacional para “remediar” conflito interno

“A diferença entre o remédio e o veneno é a dose”. Assim concluiu, certa vez, Paracels, médico e físico do século XVI. E a afirmação percorreu séculos de forma incólume,…

Líder na ALPB diz ser contra privatização das BRs 101 e 230 na Paraíba

Em entrevista à imprensa paraibana o ex-deputado federal e líder do bloco governista o deputado estadual Wilson Filho (PTB) opinou sendo contrário, a inclusão dos trechos das BRs 101 e…