A Paraíba o tempo todo  |
CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Obras em açude do Sertão da Paraíba devem ser concluídas ainda em fevereiro

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

As obras de fechamento do dique do açude São Gonçalo, em Sousa, no Sertão paraibano, devem ser concluídas até o próximo dia 26 de fevereiro. A decisão foi acordada durante reunião realizada na Procuradoria-Geral de Justiça, em João Pessoa, na tarde desta segunda-feira (4), para discutir a segurança dos reservatórios do estado, mediante atrasos em obras de recuperação.

Participaram da reunião representantes do Ministério Público do Estado (MPPB), do Ministério Público Federal (MPF), do Departamento Nacional de Obras Contra a Seca (Dnocs) e da empresa responsável pela construção.

De acordo com o MPPB, os serviços devem atenuar o risco iminente de rompimento da barragem de São Gonçalo, que integra o eixo norte da transposição das águas do São Francisco, em caso de chuvas volumosas na região.

Na reunião, a empresa responsável pela realização das obras em São Gonçalo, a PB Construções, se comprometeu em concluir a concretagem da base do dique da barragem até a próxima sexta-feira (8) e o fechamento do dique até o dia 26.

O Dnocs, por sua vez, comprometeu-se em enviar até a próxima sexta-feira à empresa o procedimento executivo para o fechamento do dique com terraplanagem (projeto técnico). Ficou claro a urgência de se resolver a situação do açude, cuja ensecadeira provisória (barramento) preocupa o MP, o Dnocs e a empresa.

O atraso nas obras foi justificado na reunião por um atraso de repasse de recursos, por parte do Governo Federal. O açude deveria ter sido concluído em 16 meses e a construção já se arrasta por 22 meses, conforme o MPPB. Foram concluídos 43,8% dos serviços, sendo que só foram pagos, efetivamente, 24% do valor devido. O Dnocs informou que houve a liberação de R$ 2,6 milhões para a obra, pelo Governo Federal.

 

Redação com G1

 


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe