Por pbagora.com.br

 O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, cumprimentou o presidente cubano, Raúl Castro, durante o funeral de Nelson Mandela nesta terça-feira, um gesto sem precedentes entre líderes dos dois países que permanecem em impasse diplomático por mais de meio século. Castro sorriu enquanto Obama apertou sua mão a caminho do púlpito onde discursa em homenagem a Mandela.

No discurso, no entanto, Obama criticou líderes que dizem partilhar do legado de liberdade de Madiba, mas não toleram discordâncias de seu próprio povo.

Raúl, por sua vez, ressaltou em seu discurso a proximidade entre Mandela a Revolução Cubana, que inspirou a luta do Congresso Nacional Africano (CNA) contra a apartheid e lembrou a visita de Madiba a Cuba em 1991.

Reuters

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Covid-19: municípios devem criar Portal da Transparência para disponibilizar recursos

Todos os 223 municípios paraibanos deverão criar um Portal da Transparência especifico para ações de combate à Covid-19, disponibilizando os valores e recursos arrecadados e a sua devida destinação para…

Apto para disputa: RC emite nota e nega inadimplência com justiça eleitoral

O ex-governador da Paraíba e atual candidato à prefeitura de João Pessoa, Ricardo Coutinho (PSB), emitiu nota na tarde desta sexta-feira (25), para esclarecer que está quite com a justiça…