Por pbagora.com.br

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, é o líder mais popular do continente americano, segundo pesquisa do Barômetro Ibero-americano de Governabilidade, publicada pelo jornal “El Tiempo”. O presidente brasileiro, Luiz Inácio Lula da Silva, fica em terceiro lugar, atrás também do colombiano Alvaro Uribe.

Popular desde a campanha pela Casa Branca, Obama recebe 85% de aprovação por sua gestão. Uribe tem 74%, apenas um ponto percentual a mais que Lula, com 73%.

Os presidentes dos EUA, Barack Obama, e da Colômbia, Alvaro Uribe, são os mais populares
No outro extremo da pesquisa, a argentina Cristina Kirchner recebe apenas 30% de aprovação e fica no último lugar da lista. Em penúltimo está o presidente da Nicarágua, Daniel Ortega, com apenas 35% de aprovação.

Na lista dos presidentes que receberam boas qualificações estão ainda o costarriquenho Oscar Arias (66%), em quarto lugar e Fernando Lugo (63%), do Paraguai, em quinto. Na sexta posição estão empatados, com 62% de aprovação, Manuel Zelaya, de Honduras; Elías Saca, de El Salvador e Leonel Fernández, da República Dominicana.

O presidente venezuelano, Hugo Chávez, que venceu recentemente referendo que permite sua reeleição ilimitada, teve 61% de aprovação. Em seguida veio Felipe Calderón, presidente do México, com 60%.

A pesquisa foi realizada com 11.954 pessoas adultas de 18 países da América, que foram questionados sobre a gestão de seus respectivos presidentes.

A sondagem foi realizada entre 15 de março e 15 de abril e tem margem de erro de 4 pontos percentuais para mais ou para menos. O estudo foi conduzido pelo Centro Nacional de Consultoria, em Bogotá, que faz a pesquisa anualmente desde 1992.

Veja lista completa

1º – Barack Obama, Estados Unidos
2º – Álvaro Uribe, Colômbia
3º – Luiz Inácio Lula da Silva, Brasil
4º – Oscar Arias, Costa Rica
5º – Fernando Lugo, Paraguai
6º – Manuel Zelaya, Honduras
6º – Elías Saca, El Salvador
6º – Leonel Fernández, República Dominicana
7º – Hugo Chávez, Venezuela
8º – Felipe Calderón, México
9º – Luis Fortuño, Porto Rico
10º – Evo Morales, Bolívia
11º – Tabari Vázquez, Uruguai
12º – Michelle Bachelet, Chile
13º – Rafael Correa, Equador
14º – Alan García, Peru
15º – Alvaro Colom, Guatemala
16º – Martín Torrijos, Panamá
17º – Daniel Ortega, Nicarágua
18º – Cristina Kirchner, Argentina

 

Folha

Deixe seu Comentário