Maranhistas, exultai! O governo foi tomado por vocês. Tomado à força.
Disse Maranhão no seu sistema preferido de comunicação que “a justiça foi feita” e “a vontade do povo respeitada”.
Vamos por partes: a justiça tomou uma decisão. Sábia ou equivocada, mas tomou. Cumpra-se. Ponto. Mas a vontade do povo não foi respeitada coisa nenhuma. Por acaso o TSE deu chance do povo ser ouvido? Não. O tribunal entendeu, por maioria de votos, que não deveria haver nova eleição. Achou que seria só colocar Maranhão no governo e a justiça seria feita.
Bom, ele está aí, às portas do Palácio, sorridente e com um séquito sedento de poder, de canetadas, de vingança. O governo foi tomado à força. Se a justiça porventura foi feita na decisão da cassação, foi desfeita na não realização de novas eleições para sentir a vontade do povo.
Povo? O povo que se dane! Maranhista que se preze não pensa em povo. Ainda mais com o aval do TSE. Maranhista de carteirinha pensa no “seu povo” – quem vai assumir o quê, qual o afilhado que merece mais, qual a cota de cargos que o político X terá no governo…
A ridícula caravana da reconstrução vai dar em nada. Até porque Maranhão foi campeão de obras inacabadas e denúncias de superfaturamento. Ele teve duas chances de “reconstruir a Paraíba”. Terá a terceira. Dirá que o tempo é curto. Vai querer uma quarta chance. Gente, ninguém merece isso!
Servidores estaduais? Que se danem. Já tiveram muito aumento, agora terão muito trabalho. Delegados em greve? Bota os tanques na praça para esmagá-los. Com Maranhão – alguém lembra? – não tem conversa não. É no tanque, na força, no pau. E quem quiser que ache ruim.
Ei, Maranhão, agora os bandidos vão sumir da Paraíba? Os delegados terão o salário que pedem? Os jornalistas do quadro terão o substancial aumento salarial que merecem? Tem primeiro que ver quem é quem, né? Nenhuma barragem vai estourar? Nenhuma obra ficará inacabada? Mesmo aquelas iniciadas por Cássio? Oooooolhe!
Bom, vamos esperar o homem assumir e anunciar seus milagres. Se conseguir cumprir um terço do que prometer, o milagre já está feito.
Mas, cá pra nós, ninguém merece…!

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

De malas prontas para o PT, Sandra Marrocos estimula rompimento no PSB

Citada como uma das vozes que estaria pregando a desunião no jardim girassol, a vereadora Sandra Marrocos, atualmente filiada ao PSB paraibano, não tem economizado declarações para apimentar ainda mais…

Veneziano garante trabalhar por fim de impasse no PSB-PB: “Precisamos estar unidos”

O conflito interno vivido pelo PSB-PB tem dividido opiniões de integrantes da sigla. Há quem defenda a permanência de Edvaldo Rosas da presidência estadual da legenda, mas há também aqueles…