Durante pronunciamento na manhã desta segunda-feira, dia 23, falando sobre as medidas que deve tomar para sanar os problemas trazidos pela forma que as OSs geriram algumas áreas do governo na Paraíba, o governador João Azevêdo, que se isentou de qualquer ato ilícito cometido pelos investigados na Operação Calvário previu que deverá sofrer retaliações por parte deles.

De acordo com João, apesar disso ele se mantém com a consciência tranquila de quem não pactuou com os atos dos antigos aliados

“Não tenho dúvida que vamos entrar em um processo de vingança generalizada. Ou alguém imagina que alguém que foi identificado e preso nessa operação terá por mim a mesma relação que teve? Evidente que não. Esse é um processo que está aí para acontecer, mas o importante é a consciência tranquila” declarou.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Zennedy Bezerra desiste de candidatura para atuar contra o coronavírus na PMJP

O combate ao Covid-19 fez com que o secretário Zennedy Bezerra (PV) desistisse de deixar seu cargo na Secretaria de de Desenvolvimento Urbano de João Pessoa. Por lei, o secretário…

Partidos comemoram chegada de vereadores para as eleições em JP

Praticamente na reta final do período de filiações alguns partidos conseguiram a filiação de vereadores para suas respectivas bancadas na Câmara Municipal de João Pessoa. O destaque fica por conta…