Empossado nesta semana como o novo ministro das Cidades pela presidente Dilma Rousseff, Gilberto Occhi está envolvido em um processo que envolve supostas ameaças a uma cliente da Caixa Econômica Federal, banco do qual ele foi o superintendente, noticia neste sábado o jornal Folha de São Paulo.

O processo resultou em uma condenação da instituição financeira pela Justiça em fevereiro de 2011.

O caso – segundo o jornal – teve início em 2005, em Sergipe, quando Sheila Cristina Oliveira de Jesus contratou um financiamento para a aquisição de um imóvel.

Uol

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Cientista político paraibano elenca motivos da baixa quantidade de mulheres eleitas na política

As regras da Justiça Eleitoral que buscam resguardar cotas mínimas de candidaturas femininas e de recursos financeiros a elas ainda não são garantia de que mais mulheres serão, efetivamente, eleitas…

Audiência Pública na CMCG propõe medidas para salvaguardar o Patrimônio Histórico de Campina

A Câmara Municipal de Campina Grande realizou, nesta quarta-feira 16/10, Audiência Pública acerca do Patrimônio Histórico de Campina Grande. O autor da propositura foi o vereador Olimpio Oliveira, que debateu…