Por pbagora.com.br

 Empossado nesta semana como o novo ministro das Cidades pela presidente Dilma Rousseff, Gilberto Occhi está envolvido em um processo que envolve supostas ameaças a uma cliente da Caixa Econômica Federal, banco do qual ele foi o superintendente, noticia neste sábado o jornal Folha de São Paulo.

O processo resultou em uma condenação da instituição financeira pela Justiça em fevereiro de 2011.

O caso – segundo o jornal – teve início em 2005, em Sergipe, quando Sheila Cristina Oliveira de Jesus contratou um financiamento para a aquisição de um imóvel.

Uol

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Repartições estaduais terão ponto facultativo nos dias 8, 24 e 31

Portaria publicada hoje (2), na edição do Diário Oficial do Estado, faculta os expedientes dos dias 8, 24 e 31 de dezembro de 2020, nas repartições estaduais da Administração Direta…

Análise – Cícero e a corrupção: este é um terreno minado em que a gestão não pode vacilar

Um dos maiores desafios que o prefeito eleito de João Pessoa, Cícero Lucena (PP), terá ao longo dos seus primeiros quatro anos de gestão será precaver-se contra a corrupção. Primeiro…