Por pbagora.com.br

O prefeito Cícero Lucena e o vice-prefeito Leo Bezerra receberam, na tarde desta quarta-feira (3), os gestores e representantes de 11 cidades dispostas a integrar, junto à Capital, o consórcio de municípios da Região Metropolitana de João Pessoa, batizado de Metrô+. O encontro aconteceu no Paço Municipal e foi o espaço para definição do modelo jurídico a ser adotado, além da assinatura do protocolo inicial.

De acordo com o prefeito da Capital, o protocolo será encaminhado por cada gestão à sua respectiva câmara municipal. “Isso é necessário para que sejamos autorizados pelo legislativo a formalizar esse consórcio que tem o objetivo de fazer um intercâmbio de experiências, nos ajudarmos na busca das soluções para os nossos problemas e compartilhar toda experiência exitosa que exista em cada prefeitura. Motivo de muita alegria, pois vamos avançar no que se refere ao meio ambiente, saúde, mobilidade, entre outras áreas”, adiantou o gestor.

Participaram da reunião os prefeitos de Cabedelo, Victor Hugo, (acompanhado do vice-prefeito Mercinho Lucena); do Conde, Karla Pimentel; de Cruz do Espírito Santo, Aliny Farias; de Lucena, Léo Bandeira; de Alhandra, Marcelo Rodrigues; de Caaporã, Kiko Monteiro; de Pedras de Fogo, Manoel Júnior; e de Pitimbu, Jorge Santos. Ainda estiveram presentes o procurador-geral do Município de Bayeux, Cecílio Ramalho; o chefe de gabinete da Prefeitura de Santa Rita, Rafael Monteiro; e o representante da Procuradoria-Geral de Rio Tinto, Hallyson Mendes.

O prefeito Victor Hugo afirmou que o consórcio chega para aprimorar a gestão e reduzir custos em benefício da população. Já a prefeita do Conde, Karla Pimentel, falou sobre a crença conjunta no reerguer da economia. “Temos certeza que todos os municípios envolvidos possuem o mesmo direcionamento, que é uma gestão de qualidade, voltada para o social e para o fortalecimento dos municípios e da Paraíba”, afirmou.

Um dos primeiros processos de cooperação a ser realizado entre os municípios é a realização do Censo dos Servidores, o que será possível com tecnologia obtida pela Prefeitura de Cabedelo. “De nossa parte já nos comprometemos a avançar na realização das cirurgias eletivas, o que vai atender também a todos os municípios”, explicou Cícero.

Redação com assessoria