A Paraíba o tempo todo  |

Novata na ALPB, Jane diz que foco do mandato será voltado para saúde

Ela chegou a Santa Rita com apenas nove meses de idade, de origem
familiar muito modesta, e de lá nunca mais saiu; estudou, sempre, em escolas
públicas, e, a despeito de tudo isso, chegou a se formar em medicina… E, na
tarde desta terça-feira (5), como suplente de deputada estadual, assumiu,
interinamente, uma das 36 cadeiras da Assembleia Legislativa da Paraíba, em
substituição à deputada Paula Francinete Lacerda Cavalcanti de Almeida
(Doutora Paula), do Progressistas, que se licenciou, por 123 dias, para se
submeter a tratamento de saúde, em São Paulo.

O nome dela é Edjane Silva Alvino Panta, mas ela é mais conhecida, nos
círculos familiar e político, como Doutora Jane, ou Jane Panta, por ser casada
com o prefeito de Santa Rita, médico Emerson Panta (PSDB). Filiada à mesma
legenda que a Doutora Paula (PP), Doutora Jane assumiu à tribuna da
Assembleia Legislativa, para jurar as Constituições Federal e Estadual, pouco
depois do meio-dia – no começo da Sessão ordinária da Casa, que, por cerca de
duas horas, sabatinou o conselheiro-substituto Antônio Gomes Vieira Filho, para que ele assuma, em definitivo e no TCE-PB, a vaga do conselheiro recém-
falecido Marcos Costa Lima.

Com o esposo presente à cerimônia, a nova deputada paraibana enfatizou,
em pronunciamento que não passou de cinco minutos – de improviso (e
demonstrou, aliás, grande intimidade com a tribuna parlamentar) -, que não se
descuidará com compromissos assumidos, em campanha eleitoral, perante a
população de dezenas de municípios do estado, mas esmerou-se em ressalvar
que, no caso particular de Santa Rita, atuará, na Assembleia e fora dela, com
atenção mais acentuada.

“Em momentos em que tenhamos de avaliar projetos de superior interesse
da população, nosso lado (posição política) é um só: a Paraíba, os paraibanos”,
pontuou, defendendo a descentralização dos serviços básicos de saúde, de forma
a que as pessoas não tenham que percorrer grandes distâncias em busca de
assistência médico-hospitalar.

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe