Por pbagora.com.br

O deputado federal Ciro Gomes (PSB-CE) divulgou nota no início da noite desta quinta-feira (22) na qual nega que tenha desistido de concorrer à Presidência da República. Na nota, Ciro afirma que “continua candidato, que considera sua postulação importante para o PSB e para o país, e que jamais desistirá de concorrer à Presidência”. Segundo o deputado, se seu partido decidir não ter candidatura própria, terá de assumir o “ônus da decisão”.

Mais cedo, o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, presidente nacional do PSB, disse, após reunião com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que Ciro mantém a disposição de concorrer à Presidência, mas que a decisão final deve sair no próximo dia 27, em encontro da Executiva Nacional do partido.

“Ele [Ciro] foi claro na disposição de ser candidato, mas ao mesmo tempo disse que a decisão do partido terá a solidariedade dele. O que eu e o Amaral colocamos para o Ciro é a ideia de colocar todos os estados nesse debate, para ter unidade partidária”, afirmou Campos.

Segundo o governador, é importante que a decisão de oficializar a pré-candidatura de Ciro Gomes conte com o apoio dos diretórios estaduais do PSB. “Se vamos ter candidatura, vamos apoiar de forma consensual. Se a posição do partido, em conjunto com a opinião dos diretórios, for a de não disputar, vamos avisar o Ciro”, disse.

Também nesta quinta, o vice-presidente do PSB, Roberto Amaral, disse ao G1 que a prioridade do partido nas eleições deste ano é dobrar a bancada de deputados federais. Amaral disse que Ciro está “calmo e sereno” e que reiterou sua pré-candidatura.

O G1 tentou contato com Ciro Gomes, mas ele não foi localizado. O celular do deputado estava desligado.

Veja a íntegra da nota de Ciro Gomes:
 

“Ciro Gomes deixa claro que não desiste da disputa
O deputado federal Ciro Gomes (PSB-CE) desmentiu que tenha retirado sua candidatura à Presidência da República, conforme nota que circula pela Internet. Ciro afirma que continua candidato, que considera sua postulação importante para o PSB e para o país, e que jamais desistirá de concorrer à Presidência. Se o seu partido decidir por não apresentar candidatura própria que assuma o ônus da decisão, que ele respeitará como filiado.”

G1

 

Notícias relacionadas

Galdino prevê consenso em eleição de deputados para as vagas que eram ocupadas por Nabor e João Henrique na ALPB

Na próxima segunda-feira ( 31) a Assembleia Legislativa da Paraíba deverá retornar às atividades e de forma presencial realizar a votação que elegerá dois parlamentares para ocupar a 1ª secretaria…

Cícero diz não ver efetividade em intervenção feita na gestão Cartaxo na barreira do Cabo Branco

O prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena (Progressistas), acompanhado do governador João Azevêdo (Cidadania) visitaram a Estação Ciência na manhã desta quarta-feira (27). De acordo com o prefeito, no local…