Por pbagora.com.br

O presidente eleito Jair Bolsonaro usou mais uma vez as redes sociais nesta sexta-feira (21) para responder críticas ao governo. Essa é a primeira vez desde a Proclamação da República que a equipe ministerial não terá representantes do nordeste ou do norte. Dos 22 ministros de Bolsonaro, onze são do sudoeste, oito do sul, dois do centro oeste e um é colombiano.

Bolsonaro fez uma série de tweets alegando que o critério usado para as indicações foi técnico, e que de forma indireta vários nordestinos trabalhariam para o governo. Para o presidente eleito, a observação feita por reportagem do jornal Folha de S. Paulo foi injusta. "Como se nascer em uma região se traduzisse em competência e não nascer significasse descaso e abandono", disse.

Ele disse ainda que "não saiu perguntando" características pessoais da equipe, e que também não quis saber onde nasceu a esposa Michelle Bolsonaro, filha de nordestinos.

""

Congresso em Foco

 


Veja como adquirir a certificação digital para pessoa física sem burocracia

 

Notícias relacionadas

Opinião: Cícero e João afinados contra covid no barco da vida

A história humana é o conjunto de teias que se entrelaçam, colocando todos os seres humanos em uma mesma nau. A tal embarcação atende pelo nome de Terra que, similar…

Veneziano enaltece parceria Cagepa e Hospital Napoleão Laureano

O Senador Veneziano Vital do Rêgo (MDB-PB) enalteceu nesta terça-feira (23) a parceria que envolve a Companhia de Água e Esgotos da Paraíba – Cagepa e o Hospital Napoleão Laureano,…