A Paraíba o tempo todo  |

Nonato realiza fórum para discutir políticas de inclusão social

 O pré-candidato a prefeito de João Pessoa pelo PPS, jornalista Nonato
Bandeira, promove na próxima terça-feira (5) mais um fórum para construção
de seu programa de governo. Depois de discutir políticas públicas para
mulheres e para juventude, a inclusão social estará em pauta. O evento
acontece às 19h, no Netuanah Praia Hotel, localizado na Avenida Cabo
Branco, e vai contar com a presença de diversas entidades para discutir
ideias e propostas voltadas para a inclusão.

* *

Segundo o IBGE, João Pessoa tem cerca de* *90 mil pessoas com deficiência e
é, proporcionalmente ao seu número de habitantes, a terceira capital do
país com maior número de pessoas com algum tipo de deficiência. “Apesar de
não haver dados concretos do número de pessoas com deficiência no Brasil, o
IBGE mostra que pelo menos 15% da população têm algum tipo de deficiência
no país. A Funad apontou que 18,6% dos paraibanos têm algum tipo de
deficiência. Precisamos olhar com sensibilidade essa importante parcela da
nossa população”, comentou Nonato.

 

Entre suas propostas para João Pessoa, Nonato pretende ampliar a
capacitação para os que lidam com pessoas com deficiência, como professores
da rede pública e demais profissionais da saúde, e promover a inserção de
deficientes no mercado de trabalho. “Temos também uma proposta de criar um
grande centro de referência às pessoas com deficiência, que irá atuar em
parceria com as instituições já existentes para oferecer tratamento
adequado aos que precisam e não têm condição de pagar”, adiantou Nonato.

Durante o fórum, os participantes poderão debater com detalhes as propostas
do pré-candidato, trazer suas próprias ideias e discutir os projetos mais
adequados para João Pessoa. “Estamos construindo nosso programa de governo
desta forma: ouvindo as necessidades e as vontades da população e avaliando
tecnicamente o que é viável para essa construção. O diálogo e o debate
público são as formas mais eficientes de fazer política”, concluiu.

 

Ascom

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe