O vice-prefeito de João Pessoa, Nonato Bandeira, disse hoje que a deputada estadual Gilma Germano queria impedir que os filiados do partido votassem no Congresso Estadual que será realizado amanhã. “Mais uma vez a Justiça fez valer os direitos e todos os filiados vão votar”, desabafou. Segundo Nonato, o grupo do Governo “encastelado” no PPS tentou procrastinar as eleições municipais e recorrer ao tapetão para impedir que os filiados se manifestem nas eleições estaduais.

 

Nonato convidou todos os filiados para o Congresso e disse que, além das eleições, haverá debate acerca do papel dos filiados e o posicionamento do partido no País e na Paraíba, com a presença da pré-candidata à Presidência pelo PPS, Soninha Francine. Ele disse que os filiados têm um desejo muito grande expressar sua autonomia e não querem que o partido seja transformado em sublegenda de outro ou filial do Palácio da Redenção.

 

Bandeira afirmou que a tentativa de impedir a eleição municipal foi a tentativa de “golpe” nos filiados e revelou que confia na vitória do seu grupo.

 

Redação com Assessoria

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Presidente da ALPB e líder do Governo atribuem a Cabo Gilberto tática para embargar votações

Em entrevista a imprensa o presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba deputado Adriano Galdino e o líder do Governo, deputado Ricardo Barbosa, ambos do PSB, reclamaram da tática utilizada semana…

Seleção empata contra Nigéria e mantém sequência de quatro jogos sem triunfo

A Seleção Brasileira empatou em 1 a 1 mais um amistoso, neste domingo (13), contra o time da Nigéria. O jogo aconteceu em Singapura, às 9h de Brasília. Com o…