A Paraíba o tempo todo  |

Nominando volta a afirmar não crer que Maranhão instale TCM

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

O presidente do Tribunal de Contas do Estado, conselheiro Nominando Diniz, afastou na noite desta quarta-feira (1) a possibilidade de revisão pelo governador José Maranhão (PMDB) das propostas de emendas constitucionais que prevêem a extinção do Tribunal de Contas dos Municípios, criado por lei em 1994.

Ele disse ter encarado com “tranqüilidade e naturalidade” o pedido de devolução por parte do governador das duas PECs que tramitam na Assembléia Legislativa às vésperas da votação das matérias, conforme divulgou com exclusividade o PB Agora.

“O governador quer apenas rever todas as matérias encaminhadas no governo anterior, mas ele já reafirmou que em seu governo não irá implantar o TCM”, declarou Nominando.

O presidente do TCE disse ainda que continua acreditando na palavra empenhada pelo governador quando da visita que fez, acompanhado do conselheiro Flávio Sátiro, decano do Tribunal, a Maranhão logo após a posse no governo do Estado.

A proposta do TCM foi reacendida no governo Cássio causando grande rejeição por parte do Tribunal de Contas do Estado que considerou desnecessária a implantação de um novo tribunal para cuidar apenas das contas municipais. Maranhão e a oposição na época foram duramente contra à proposta.

“Precisamos acreditar na palavra dos homens públicos”, completou Nominando.


PB Agora

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe