Briga partidária: mesmo com cogitação do nome de Romero, parlamentar tucano levanta bandeira em prol de Diogo Cunha Lima para disputar PMCG

Em entrevista exclusiva ao Portal PB Agora, o vereador campinense, Tovar Correia (PSDB) declarou na manhã desta quarta-feira, (10), que não vê problemas caso o ex-governador Cássio Cunha Lima lance o nome do seu filho, Diogo Cunha Lima para disputar o pleito de 2012 à Prefeitura Municipal de Campina Grande (PMCG). “Ainda é muito cedo para discutirmos sucessão municipal, mas tenha certeza, seja qual for o nome, esse será escolhido consensualmente”, disse.

Mesmo sabendo do preterido nome do deputado federal Romero Rodrigues para uma disputa na sucessão municipal de Campina Grande, Tovar disse que não ver o lançamento do nome de Diogo Cunha Lima como uma atitude traiçoeira. “Nós costumamos sentar, discutir, conversar e chegar a um denominador comum e será assim quando chegar o momento certo para a escolha do nome na sucessão municipal, em 2012”, finalizou.

Já para o presidente da Câmara Municipal de Campina Grande (CMCG), Nelson Gomes descartou completamente qualquer possibilidade do ex-governador Cássio Cunha Lima lançar o nome do seu filho, Diogo Cunha Lima para sucessão municipal, representando a oposição. “Ele não faria isso jamais, até porque já é sabido, público e notório que o candidato que irá sair na disputa para sucessão municipal será o companheiro Romero Rodrigues”, pontuou.

 

Simone Duarte

PB Agora
 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

De malas prontas para o PT, Sandra Marrocos estimula rompimento no PSB

Citada como uma das vozes que estaria pregando a desunião no jardim girassol, a vereadora Sandra Marrocos, atualmente filiada ao PSB paraibano, não tem economizado declarações para apimentar ainda mais…

Mídia nacional repercute invasão ao escritório de RC, em JP

O Jornal Estadão, na edição deste sábado (17) repercutiu a invasão criminosa ao escritório do ex-governador da Paraíba Ricardo Coutinho. O fato aconteceu na última quinta-feira (15) e o socialista…