A Paraíba o tempo todo  |
PUBLICIDADE

No TCU, ministro Vital do Rêgo arquiva investigação sobre móveis de luxo no governo Lula

O ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Vital do Rêgo rejeitou o pedido de deputados da oposição para a abertura de uma investigação sobre a compra de móveis de luxo pelo governo Lula. Para Vital, os atos criminosos ocorridos no dia 8 de janeiro em Brasília justificam a ausência da licitação.

Apesar do entendimento do ministro, os parlamentares que apresentaram o requerimento obtiveram toda a documentação relacionada à dispensa de licitação dos móveis de luxo adquiridos pela Presidência da República, com a exposição das imagens e do preço dos bens.

Os documentos recebidos pelos parlamentares comprovam que a Presidência da República adquiriu móveis para uso íntimo do presidente Lula e da primeira-dama Janja, como um sofá elétrico de R$ 65.140,00, uma cama de R$ 42.230,00, um outro sofá elétrico de R$ 31.690,00, uma poltrona de R$ 29.450,00, e outra poltrona de R$ 19.270,00.

 

Com informações de
O Antagonista / Crusoé

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe