Ex-senador elogia Rômulo, mas também move suas peças e prepara estrutura para disputar o Senado

Ney deve instalar seu escritório de trabalho na Paraíba até o final deste ano

Em visita sem alardes à cidade de João Pessoa na última semana, o ex-senador Ney Suassuna (PSL) começou a “mexer as peças que dispõe” para pleitear a vaga de senador em 2014. O ex-parlamentar voltou à cena política paraibana recentemente a convite do deputado estadual Tião Gomes (PSL).

Amigo pessoal do vice-governador Rômulo Gouveia (PSD), Ney só deverá ser candidato caso ‘o outro gordinho’ não dispute o cargo, mas reforçará a sua estrutura na Paraíba, pois o cenário é imprevisível. Aos interlocutores, Suassuna tem destacado sempre que "Rômulo também tem todas as credenciais para ser um grande senador". Ney pedirá a sua inclusão nas pesquisas eleitorais para o Senado.

O ‘trator’, como é carinhosamente conhecido, deve instalar um escritório de trabalho em João Pessoa até o final deste ano para receber lideranças políticas de todo o Estado. A sua ‘base militar’ também deve ser servir para a articulação do ‘projeto Aracilba Rocha’ que trabalhará por uma vaga na Assembléia Legislativa. De acordo com Ney, "sua prática política estará sempre pautada na prospecção de investimentos para a Paraíba".

Alguns amigos de longa data, como o empresário Cassiano Pereira e o deputado Mikika Leitão devem estar entre as figuras de proa da sua articulação política.

Ney também reafirmou que não pretende se candidatar à Câmara Federal, pois segundo ele, essa postulação poderia dificultar a eleição de Aracilba, uma vez que ela precisará fazer dobradinhas com outros candidatos a deputado federal. 

 

Leia MaisNey se filia ao PSL e responde aos críticos

 

Em sua cerimônia de filiação ao PSL, quando ingressou no partido ao lado da pré-candidata a deputada estadual Aracilba Rocha, Ney foi indagado em relação às críticas por fixar moradia no Rio de Janeiro e foi enfático: 

“Líderes históricos como Rui Carneiro e João Agripino moravam no Rio de Janeiro e fizeram mais pela Paraíba que a maioria dos nossos políticos atuais. Tenho certeza que lá eu posso ajudar muito mais a Paraíba do que aqui se eu perdesse tempo com futricas políticas que não levam a nada. Por que não me perguntam o que eu fiz pela Paraíba? Eu respondo que não há uma cidade nesse Estado que não tenha recebido um benefício conquistado com o trabalho de Ney Suassuna”, enfatizou.

 

Sobre sua perspectiva para 2014, ele revelou que estaria focado em ajudar Aracilba Rocha a chegar à Assembléia Legislativa. 

“Tenho um compromisso firmado em ajudar a companheira Aracilba. A Paraíba toda deve se orgulhar em ter uma mulher competente como ela servindo ao Estado”, acrescentou.

Sobre a sua derrota nas eleições de 2006, o ex-senador declarou que não guarda nenhuma mágoa daquele processo.

“Eu só tenho o que agradecer ao meu estado pelos votos que recebi nas duas eleições que disputei. Uma eu venci. A outra perdi. Mas nunca deixei de ajudar a Paraíba mesmo sem mandato, trazendo empresas, abrindo shopping, expandindo universidades e gerando empregos aos paraibanos”, finalizou.

 

Ytalo Kubitschek

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Laurita Vaz concede Habeas Corpus ao ex-procurador Gilberto Carneiro

A ministra do Superior Tribunal de Justiça, Laurita Vaz, concedeu na manhã desta sexta-feira (21) o Habeas Corpus ao ex-procurador da Paraíba, Gilberto Carneiro, preso no âmbito da Operação Calvário.…

Adesão de Ludgério ao Governo João é inverdade, garante Ivonete

A presidente da Câmara de Municipal de Campina Grande, vereadora Ivonete Ludgério (PSD), afirmou que alguns pré-candidatos da base aliada têm espalhado o que ela chama de “mentiras” contra o…