Os advogados do governador Cássio Cunha Lima (PSDB) e do vice-governador José Lacerda Neto (DEM) protocolam na manhã desta quarta-feira (18) recursos extraordinários no Supremo Tribunal Federal questionando decisão do TSE que reafirmou a cassação do mandato do governador tucano na noite desta terça.

Os recursos serão impetrados junto a ações cautelares em que se pedirá a permanência de Cássio e Zé Lacerda no governo até que sejam julgados todos os recursos.

O STF somente se pronuncia sobre questões de divergência constituicional. No caso de Zé Lacerda, o recurso extraordinário atacará o princípio da ampla defesa e ainda a realização de novas eleições. O recurso de Cássio deve reforçar a questão das novas eleições.

PB Agora

 

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Baixa: Eduardo Carneiro decide romper com Cartaxo em JP

O deputado estadual Eduardo Carneiro (PRTB) decidiu romper politicamente com o prefeito Luciano Cartaxo e a partir de agora não integra mais o grupo que dá sustentação à gestão municipal. …

Justiça nega mandado de segurança contra afastamento de vereador de Cabedelo

Em harmonia com o parecer do Ministério Público estadual, a Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Paraíba negou o mandado de segurança nº 0801926-91.2020.8.15.0000, por meio do qual o…