A Paraíba o tempo todo  |

Bruno Cunha Lima quer PSD distante do PT e com candidatura própria em 2022

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Os diálogos entre a executiva nacional do PSD e a executiva nacional do PT ainda não surtiram resultados reais. Na Paraíba, o prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima (PSD) é um dos que torce para que essa aliança não prospere.


Ele disse, em entrevista nesta sexta-feira (18), que a expectativa é justamente uma candidatura própria do seu partido rumo à presidência da República, dessa forma, a sigla não caminharia nem com Lula nem com Bolsonaro.

“O que ouvi do presidente é que na pretensão do partido ele tenta construir uma candidatura própria e isso já afasta qualquer tipo de ilação que ele estaria saindo do partido e isso não passa de especulação”, afirmou Bruno em entrevista ao Sistema Arapuan.

Apesar de não fazer objeções ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido), Bruno deixa claro sua rejeição a qualquer possibilidade de aliança com o PT.

“Internamente eu tenho feito essa observação, que entendo como voz ativa, onde particularmente não defendo aproximação com o ex-presidente Lula, embora essa não seja a intenção dele e ouvi isso pessoalmente de Kassab que qualquer reunião não significa dizer anuncio de apoio ou antecipação de decisão”, afirmou o prefeito de Campina Grande.

PB Agora

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe