O prefeito interino da cidade de Bayeux, o tucano Luís Antônio, desconversou sobre a possibilidade de vir a perder a cadeira de gestor, com a possibilidade do retorno do prefeito titular, Berg Lima (sem partido), que segue afastado do cargo por determinação judicial.

Em entrevista ao jornalista Henrique Lima, no Blog do Ninja, Luís disse que “não tinha essa preocupação não”, quando indagado se temia perder a caneta.

“Olha, eu não tenho essa preocupação não. Minha preocupação é trabalhar e deixar a cidade continuar”, disse.

Sobre as questões judiciais, de que também é alvo, sobretudo por conta de um famigerado vídeo em que aparece, supostamente, pedindo R$ 100 mil a um empresário para articular a divulgação de fatos contra o prefeito afastado Berg Lima, o tucano também despistou.

“Isso é uma questão de justiça. Estou preocupado mais é com a parte administrativa”, completou.

Já sobre acreditar ou não se permanece no cargo, Luís apenas disse que, enquanto estiver prefeito vai continuar trabalhando pela cidade. “O trabalho não para, o trabalho continua”, arrematou.

 

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Lula pede que STF compartilhe as conversas da Vaza Jato

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) apresentou nesta terça-feira (13) um habeas corpus para que o ministro do STF Alexandre de Moraes divulgue as conversas em…

Dois extremos: vereador da Capital pode trocar PCdoB por PSL

Eleito pelo Partido Comunista Brasileiro nas eleições de 2016 para um mandato de quatro anos como vereador de João Pessoa, o secretário do Procon de João Pessoa, Helton Renê, pode…