Mirar propósitos, mas sem esquecer de fazer o que é correto. É assim que o governador Ricardo Coutinho (PSB) classifica as alianças que fez em outras eleições com os partidos que hoje figuram no campo das oposições ao seu mandato. Em entrevista a uma emissora de rádio, na Rainha da Borborema, nesta quarta-feira (26), o socialista que firmou parcerias em 2010 com o MDB – partido de José Maranhão – e posteriormente, em 2014, com Cássio Cunha Lima, do PSDB, defendeu a formação daquelas alianças as quais, naqueles momentos uniam diferentes em prol de convergências, sem mudar o que ele, como agente político, pensa.

“Não tem problema nenhum fazer alianças numa clareza de propósitos. O que eu falava em 2004, quando era vereador, falo o mesmo que hoje, com alguma retificação, mas a linha geral e postura é a mesma. Eu tenho coerência e por isso não tenho medo de qualquer aliança. Eu batalho por alianças, mas não pensem que essas vão mudar o que é correto”, explicou.

Um exemplo disso, conforme Ricardo, é a postura que adotou nos dos mandatos que exerceu tendo seus adversários da atualidade como aliados. Ele lembra que durante esse período se posicionou firmemente e que mudou a realidade da Paraíba em todos os segmentos, seja saúde, segurança, educação e outros.

“Fizemos aliança em 2010 e essa não interessava somente para mim, mas também para o outro lado. Eu não me arrependo das coisas que faço na vida, porque penso muito bem antes”, arrematou.

 

Márcia Dias

PB Agora

 


Saiba mais sobre Certificação Digital no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas Certificação Digital. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Carlos Bolsonaro diz que líder do PSL no Senado é “bobo da corte”

O vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) compartilhou neste domingo (13) uma mensagem no Twitter na qual classifica como “bobo da corte” o líder do PSL no Senado, Major Olímpio (SP). “Este…

Presidente da ALPB e líder do Governo atribuem a Cabo Gilberto tática para embargar votações

Em entrevista a imprensa o presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba deputado Adriano Galdino e o líder do Governo, deputado Ricardo Barbosa, ambos do PSB, reclamaram da tática utilizada semana…