Por pbagora.com.br

Em live no Facebook nesta sexta-feira (12), o presidente Jair Bolsonaro (PSL) disse que não está preocupado com as críticas que vem recebendo desde que informou que cogita indicar o seu filho, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), como embaixador do Brasil nos Estados Unidos.

Bolsonaro disse que não se trata de nepotismo e defendeu o currículo do filho afirmando que ele fala inglês fluentemente, que já visitou a Europa e que acabou de casar. “Quanto a crítica, não estou preocupado com crítica”, disse, afirmando que parte da imprensa “está dando uma ‘lenhadinha’ na gente”.

E continuou: “Quando ele viaja para o mundo todo, fala inglês fluentemente, fala espanhol, já foi a vários países da Europa, conhece a família do Donald Trump, tem liberdade e amizade com seus filhos, não é um aventureiro. Acabou de casar, inclusive”, justificou.

Bolsonaro ainda chegou a defender que o país teria melhor tratamento sendo um embaixador e filho de um presidente. “O tratamento é diferenciado.”

Bolsonaro disse que ainda não bateu o martelo sobre o assunto, e que vai esperar “o momento certo” para decidir se, de fato, indicará o filho.

O presidente disse ainda que o apoio do ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, “não porque é meu filho”, mas “porque conhece o Eduardo.

 

Brasil 247

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Agora sem tornozeleira, RC ganha força no PSB: “É o melhor nome”, diz dirigente

A última quarta-feira, dia 05, data em que se comemora o aniversário de João Pessoa foi bastante movimentada dentro do PSB sobretudo após a decisão do ministro Gilmar Mendes que…

Confira as seis chapas inscritas para disputar eleição indireta em Bayeux

Seis candidatos deverão disputar a Prefeitura Municipal de Bayeux nas eleições indiretas. O processo foi determinado pela Justiça após a renúncia do prefeito afastado Berg Lima. O pleito acontece no…