Em live no Facebook nesta sexta-feira (12), o presidente Jair Bolsonaro (PSL) disse que não está preocupado com as críticas que vem recebendo desde que informou que cogita indicar o seu filho, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), como embaixador do Brasil nos Estados Unidos.

Bolsonaro disse que não se trata de nepotismo e defendeu o currículo do filho afirmando que ele fala inglês fluentemente, que já visitou a Europa e que acabou de casar. “Quanto a crítica, não estou preocupado com crítica”, disse, afirmando que parte da imprensa “está dando uma ‘lenhadinha’ na gente”.

E continuou: “Quando ele viaja para o mundo todo, fala inglês fluentemente, fala espanhol, já foi a vários países da Europa, conhece a família do Donald Trump, tem liberdade e amizade com seus filhos, não é um aventureiro. Acabou de casar, inclusive”, justificou.

Bolsonaro ainda chegou a defender que o país teria melhor tratamento sendo um embaixador e filho de um presidente. “O tratamento é diferenciado.”

Bolsonaro disse que ainda não bateu o martelo sobre o assunto, e que vai esperar “o momento certo” para decidir se, de fato, indicará o filho.

O presidente disse ainda que o apoio do ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, “não porque é meu filho”, mas “porque conhece o Eduardo.

 

Brasil 247

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Prefeitos e deputados agradecem apoio de Veneziano na destinação de recursos para municípios

Durante esta semana o gabinete do senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB) foi muito concorrido, com a visita de diversos prefeitos, prefeitas e deputados paraibanos. As visitas e contatos dos…

Suplentes tomam posse na Câmara de Cabedelo no lugar dos titulares afastados

Na noite dessa terça-feira (10) foram empossados cidade de Cabedelo, quatro suplentes que vão substituir os vereadores que foram afastados na 6ª fase da Operação Xeque-Mate. Os parlamentares afastados são…