Por pbagora.com.br

Nadja diz que coligação de RC age de má fé e promete comprovar legitimidade de candidatura

A deputada estadual e advogada Nadja Palitot (PSL) rechaçou na manhã desta
quarta-feira(21) uma suposta manobra da Coligação "Uma Nova Paraíba", do candidato
a governador Ricardo Coutinho, que pediu a sua impugnação por não
desincompatibilização do serviço público na UFPB.

Na tribuna da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), a parlamentar
apresentou documentos que comprovam o seu pedido de licença da instituição
federal em tempo hábil – dia 1 de julho, antes do que determina a justiça
eleitoral, ou seja, 3 de julho.

A deputada disse que comunicou o seu afastamento das atividades acadêmicas à
Reitoria da UFPB e “tem documentos que provam a sua idoneidade e
legitimidade na quitação com a justiça eleitoral”.

Palitot ainda criticou a tentativa do partido socialista em querer impugnar
a sua candidatura a deputada estadual por justificarem problemas em sua
desfiliação do partido. “Eles têm documentos da minha saída e todos estão
protocolados no Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba ( TRE-PB) “, frisou a
deputada.

Nadja condenou a perseguição do PSB e reafirmou que mesmo a oposição querer
macular a sua candidatura vai continuar lutando em prol dos paraibanos.

“Eles agiram de má fé. Mas, isso não vai enfraquecer a minha candidatura nem
temerei aos obstáculos”, desabafou Nadja.

 

 

PB Agora, com assessoria

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Aliança entre Cícero e João o fez apoiar Nilvan em JP, explica Romero

O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, do PSD, declarou em entrevista concedida à emissora de rádio nesta segunda-feira (30), pós 2º turno, que a aliança do candidato Cícero Lucena,…

Zé Maranhão é atendido no hospital da Unimed após testar positivo para Covid-19

O senador José Maranhão (MDB), procurou atendimento médico após apresentar febre e tosse na noite deste domingo (29). A informação foi confirmada por uma fonte ligada ao político ao portal…