Por pbagora.com.br

Cícero censura quem diz ser “o novo” e busca aliança com quem critica por ser do “passado” 

Em entrevista a Rede Paraíba Sat, na tarde desta sexta-feira (31), o Senador Cícero Lucena (PSDB) criticou a postura de políticos que enganam o povo com o discurso de que é “o novo”.

De acordo com o senador, tais políticos se contradizem, pois, ao mesmo tempo em que se rotulam como “o novo”, procuram parte do que administraram no passado para ter o apoio deles, ou seja, “do passado”.

“Tem candidatos que se dizem o novo e criticam as oligarquias políticas passadas e depois vão buscar alianças com os políticos, que para eles são “do passado”, criticou”.

Cícero também lembrou que não é por fazer parte do grupo de Oposição ao governo, que cortou relações com governistas. Ele cita, por exemplo, o nome do ex-deputado Gilvan Freire. Conforme o senador, Freire é amigo de longa data e “por enquanto” diz que não apoiará o tucano em 2010.

O Senador relatou também que mantém bons relacionamentos com o peemedebista Trocolli Júnior. “Meu grupo não engana ninguém, minhas amizades são um livro aberto”, disse.

Cícero finaliza lembrando que quer ser governador, porque quer resgatar o projeto de 2002, que elegeu o ex-governador Cássio e também quer resgatar o mesmo projeto que reconduziu o tucano ao governo em 2006.
 

PB Agora

Notícias relacionadas

Aguinaldo participa de inauguração de Passagem Molhada em Cabaceiras: “Mais bem estar”

O deputado federal Aguinaldo Ribeiro, do Progressistas, participou, na manhã desta terça-feira (20), da inauguração da Passagem Molhada Curral de Baixo, localizada no município de Cabaceiras, obra que garantirá bem…

Gestão Luciene de Fofinho comprou 12 mil testes para covid pelo triplo do preço

A gestão da prefeita de Bayeux Luciene de Fofinho (PDT) está mais uma vez no radar do Ministério Público da Paraíba (MPPB). Desta vez, o órgão ministerial investiga a suspeita…