A Paraíba o tempo todo  |

Na oposição, PSC/PB descarta exigências por espaços na majoritária

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Segundo Leonardo Gadelha, partido quer basear o trabalho em um caderno de encargos e de propostas

O Partido Social Cristão na Paraíba, que tem a família Gadelha como principal estrela, ingressará na disputa de 2022 no arco de oposição, mas não como protagonistas. Apesar de não descartar um espaço na majoritária, a legenda não fará dessa possibilidade uma obsessão/imposição para permanecer no bloco, segundo afirmou o deputado federal Leonardo Gadelha (PSDB).


O parlamentar destacou que no último encontro que houve com parte dos integrantes do bloco ficou apalavrado que a decisão sobre a formação da chapa será colegiada, por isso ele prefere não apontar preferências. Os nomes dos ex-prefeitos Luciano Cartaxo (PV) e Romero Rodrigues (PSD) e do comunicador Nilvan Ferreira (PTB), no entanto, foram lembrados pelo parlamentar.


“A gente apalavrou no último encontro que esse processo de decisão será coletivo. Nós temos a convicção de que no âmbito da oposição não há qualquer tipo de imposição, nem para candidatura a governador nem para vice, nem para o Senado. Nós temos excelentes quadros que têm sido somados a essa discussão como o do ex-prefeito Cartaxo, como o do comunicador NIlvan. Há nomes qualificados que podem e devem ser colocados nesse contexto. Nós mesmos do PSC temos o direito de sonharmos com algum espaço dessa composição, apesar de essa não ser uma obsessão partidária. Ficou patente que essa decisão será colegiada e não haverá imposição”, disse.


A preço de hoje, de acordo com Gadelha, o nome de Romero desponta quantitativamente com a maior adesão no grupo. “Me parece que no ponto de vista quantitativo Romero parece disparar no primeiro instante, mas como queremos basear nosso trabalho num caderno de encargos e de propostas, o PSC fica à vontade em saber que qualquer desses nomes atenderia nossas causas e atenderia aos anseios do paraibano”, ressaltou.

PB Agora

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      79
      Compartilhe