O Ministério Público da Paraíba ajuizou uma ação contra o prefeito de Pocinhos, Claudio Chaves da Costa (PTB), e a Secretária Municipal de Educação, Silvana Cavalcanti Leal, na tarde de ontem, terça-feira (13).

A denúncia diz respeito a prática de compra de votos por parte do gestor no pleito eleitoral do ano passado.

Segundo as denúncias do MPPB, o gestor de Pocinhos, visando as eleições de 2016, utilizou-se do erário público para realizar um depósito em nome de um eleitor, que estava responsável pela ornamentação do comitê político do então candidato a prefeito.

Em depoimento ao próprio Ministério Público o citado eleitor disse que o trabalho foi realizado de forma voluntária e que não tinha nenhum vínculo com o denunciado.

Para tentar justificar a legalidade do depósito de R$ 546, o gestor usou a Secretária de Educação do município, Silvana Cavalcanti Leal, sob a alegação de que o depósito seria referente a atividades da área da educação, visto que o eleitor citado seria dançarino da Banda Marcial do Colégio Municipal Padre Galvão.

A ação foi ajuizada pela Promotora de Justiça Fabiana Alves Mueller. A informação é do portal Paraíba Debate


Redação

 

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Governo atesta ser ‘mentirosa’ informação sobre investigação contra João: “Notícias falsas”

Vírus e Fake News infestam a Paraíba. Esse é o título de uma informação divulgada pelo Governo da Paraíba para desmentir mais uma fake news contra o governador. Dessa vez…

Após reclamação de Bolsonaro, Silvio cancela edição do jornal do SBT

Nos bastidores do SBT, a notícia de que Silvio Santos mandou exibir uma reprise do programa “Triturando” no horário do “SBT Brasil” neste sábado (23) deixou o departamento de jornalismo…