Por pbagora.com.br

Um portaria divulgada nessa sexta-feira (30), pelo Ministério Público Eleitoral na Paraíba, no Diário do Ministério Público Federal (MPF), no caderno extrajudicial, o órgão irá instaurar um procedimento preparatório eleitoral para apurar supostas irregularidades na campanha do ex-candidato ao Governo do Estado, Lucélio Cartaxo (PV).

O motivo seria a identificação de empresas fornecedoras de bens e serviços de campanha com número reduzido de empregados, o que leva o MPF a suspeitar de falta de capacidade operacional.

Também foram identificados doadores de campanha cuja renda mensal conhecida seria incompatível com o valor doado por eles, além de uma grande concentração de doadores no quadro de funcionários de uma mesma pessoa jurídica, o que pode revelar um indício de doação indireta por meio dessa.

Após o levantamento das informações necessárias, o procedimento pode se transformar em inquérito civil ou resultar na propositura de uma ação, caso os fatos e autores fiquem bem definidos.

O MPF já havia instaurado os mesmos procedimentos para apurar possíveis irregularidades em doações de campanha para candidatos a deputado estadual e federal nas eleições deste ano na Paraíba. De acordo com o que apurou o MPF, cerca de vinte e três contas de candidatos e de um diretório foram apontadas como irregulares pelo Sistema de Investigação de Contas Eleitorais (Sisconta Eleitoral 2018).

 

PB Agora

 


Saiba mais sobre Certificação Digital no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas Certificação Digital. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Notícias relacionadas

Câmara aprova substitutivo de Efraim Filho para salvar micro e pequenas empresas

O Congresso Nacional aprovou o substitutivo do deputado Efraim Filho (DEM/PB) ao PLN 2/21, do Poder Executivo, que permitirá mudanças na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) em vigor. “A expectativa…

Michel Henrique nega ‘golpe’ em saída da presidência do PROS e vê movimento com “naturalidade”

Destituído do comando do PROS na Paraíba para dar lugar ao deputado estadual Eduardo Carneiro, Michel Henrique, ex-presidente da legenda no estado, viu o movimento com naturalidade e rechaçou a…