Por pbagora.com.br
 
 

O Ministério Público Eleitoral através da promotora de Justiça, Dra. Miriam Pereira Vasconcelos manifestou-se pela procedência das Impugnações ao Registro de Candidatura e indeferimento da candidatura de brancos Mendes a prefeito de Alhandra.

De acordo com a promotora eleitoral “os arquivos encaminhados pela Coligação “A Força do Bem”, alusivos à substituição da candidatura de Renato Mendes pela de Ataídes Mendes, transmitidos via internet na data de 27.10.2020, dia posterior à realização da Convenção, resta demonstrado que não foi observado o quórum legal para escolha do substituto, nos termos do artigo 13, §2o, da Lei no 9.504/97. “

Dra. Miriam Pereira afirmou ainda que “as provas amplexadas aos autos que o presente registro de candidatura foi protocolado na data de 26.10.2020, quando a AIRC do candidato Renato Mendes ainda se encontrava com prazo recursal em aberto, visto que a sentença que indeferiu a sua candidatura foi proferida em 24.10.2020, incorrendo na tramitação simultânea e irregular de dois RCCs formulados pela Coligação “A Força do Bem”.

Com indeferimento da candidatura de Branco Mendes, continuam na disputa os candidatos Gilvania do PSOL e Marcelo Rodrigues do MDB.

O documento com a decisão do MPE pode ser conferido no link: PARECER 0600673-92.2020.6.15.0073-1

PB Agora

 
 
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Nilvan anuncia programa de auxílio-aluguel para mulheres vítimas de violência

No Dia Internacional de Combate à Violência Contra a Mulher, o candidato à prefeitura de João Pessoa, Nilvan Ferreira disse que criará um programa de auxílio-aluguel para mulheres em situação…

Porto de Cabedelo se destaca como um dos mais eficientes do país

O Porto de Cabedelo conquistou a terceira colocação do Prêmio Portos + Brasil, na categoria Variação da margem EBITDA (margem de lucro da empresa). Com esse desempenho, o Porto de…