A Paraíba o tempo todo  |

MP investiga Nabor por suposto descumprimento de lei federal; caso pode ser enquadrado em improbidade administrativa

O Ministério Público da Paraíba (MPPB), através da Promotoria de Justiça de Patos, abriu Inquérito Civil para investigar a denúncia de que o prefeito do município, Nabor Wanderley (Republicanos), estaria descumprindo a Lei Federal Nº 13.022/2014, que dispõe sobre o Estatuto Geral das Guardas Municipais.

De acordo com a denúncia, formulada pelo vereador Josmá Oliveira, existe hoje em Patos um número reduzido de guardas municipais efetivos e não houve a convocação de profissionais aprovados em concurso realizado em 2018 para o preenchimento das vagas.

Além disso, a denúncia dá conta de que faltam, inclusive, equipamentos de proteção para os profissionais da Guarda Civil.

De acordo com o promotor responsável pelo caso, Carlos Davi Lopes Correia Lima, 4º Promotor de Justiça de Patos, o descumprimento da legislação pode ensejar em prática de improbidade administrativa.

A portaria de instauração do Inquérito Civil foi assinada no dia 28 do mês passado.

Confira o documento:

 

Feliphe Rojas

PB Agora

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      13
      Compartilhe