Foi instaurado pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB )um procedimento para investigar uma suposta falta de atenção à escala de trabalho,além de ausência de remuneração extra, perseguição e assédio praticados pelo secretário de Desenvolvimento Urbano de João Pessoa, Zennedy Bezerra.

Com base em texto publicado do Diário Oficial do órgão, Zennedy, através de mensagens enviadas por um coordenador no WhatsApp, teria convocado agentes de maneira injustificada à inauguração do Parque Municipal Arruda Câmara (Bica), no dia 5 de agosto.

Ainda segundo o inquérito, no dia posterior ao evento, o secretário teria recolhido os nomes dos servidores que não compareceram ao local com intuito de instaurar uma apuração disciplinar.

A portaria foi assinada pelo promotor de Justiça, Adrio Nobre Leite.

 

PB Agora

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

De saída do PSL, Bolsonaro deve barrar ingresso de paraibano em nova legenda

O presidente Jair Bolsonaro vai anunciar na terça-feira (12) que vai deixar o PSL. De acordo com a revista Crusoé, uma reunião com parlamentares apoiadores do mandatário foi marcada para…

Entrega do Aluízio Campos: Romero e Cássio destacam trabalho de Aguinaldo

Em um sinal de reconhecimento, o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSD) e o ex-senador Cássio Cunha Lima (PSDB) destacaram, tanto em discurso, quanto em entrevistas dada à imprensa,…