Mulher atingida com bala perdida durante a Romaria da Penha morre no Hospital de Trauma

A dona de casa Maria da Penha Silva, 42 anos, vítima de uma bala perdida durante a Romaria de Nossa Senhora da Penha faleceu, no final da manhã desta quarta-feira (01), após quatro dias de internamento no Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa.

A vítima foi atingida com uma bala perdida na cabeça e estava internada na UTI do órgão em estado grave desde a manhã de domingo (29)

No momento do incidente, a dona de casa estava na praça central do bairro da Penha onde acontecia a festa religiosa.

De acordo com o delegado Edilson Araújo, que estava de plantão na Delegacia de Mangabeira, a vítima, residente na Rua Alagoa de Dentro, 176, no bairro de Tibiri, em Santa Rita, estava por trás de um palco quando integrantes de duas gangues rivais começaram a brigar.

Em meio ao bate boca e as agressões físicas, ouviu-se um disparo e nesse momento o pânico foi geral com as pessoas correndo para todos os lados a procura de um local seguro. Quando tudo se acalmou a mulher foi encontrada agonizando no chão.

De acordo com a polícia, além da doméstica que foi ferida a bala, outras pessoas saíram machucadas durante a correria registrada no evento.
 

 

 

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Lígia nega convite para João se filiar ao PDT: “Não houve tratativa sobre o tema”

Nesta segunda-feira (18) a governadora em exercício Lígia Feliciano negou que tenha feito convite a João Azevêdo (PSB) para que passe a integrar os quadros do PDT. Lígia destacou que…

Em nota, PSL denuncia que vereadores de Santa Rita estariam ameaçando jornalistas

O diretório do PSL de Santa Rita denunciou em nota emitida nesta segunda-feira (18) que vereadores de Santa Rita estariam ameaçando jornalistas de morte. 11 parlamentares do município são investigados…