O deputado Adão Pretto morreu na manhã desta quinta-feira, aos 63 anos, no Hospital Moinhos de Vento, em Porto Alegre, onde estava internado desde o último dia 15 para tratamento de pancreatite. A evolução da doença requereu a extração do pâncreas, o que levou ao agravamento da saúde do parlamentar.

 

Adão Pretto era conhecido na Câmara dos Deputados como um porta-voz dos pequenos agricultores e dos trabalhadores sem-terra. Ele foi deputado estadual constituinte e estava em seu quinto mandato na Câmara federal, onde ocupou uma cadeira desde 1991.

 

O corpo de Adão Pretto será velado no Salão Júlio de Castilhos, da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul. O horário do sepultamento ainda não foi divulgado. Na Câmara dos Deputados, neste momento, os parlamentares ocupam a tribuna para prestar homenagens a Adão Pretto. Há pouco, a Secretaria Geral daquela Casa anunciou o cancelamento da ordem do dia da sessão, em razão da morte do deputado.
 

 

senado.gov.br

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Opinião: a metáfora de “RC, João e a guerra em terra Tabajara”

A guerra foi deflagrada. Montgomery decidiu firmar o desembarque no Sanhauá de forma rápida e precisa, a fim de evitar maiores movimentos do exército oposicionista comandado pelo general Hideki Tojo.…

Dois extremos: vereador da Capital pode trocar PCdoB por PSL

Eleito pelo Partido Comunista Brasileiro nas eleições de 2016 para um mandato de quatro anos como vereador de João Pessoa, o secretário do Procon de João Pessoa, Helton Renê, pode…