A Paraíba o tempo todo  |

Moro bloqueia bens de Odebrecht

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

O juiz Sérgio Moro e a força-tarefa da Lava Jato bloquearam quase R$ 24 milhões de Marcelo Odebrecht no primeiro semestre enquanto o empreiteiro negociava sua delação premiada. Entre os bens, consta, ainda, a casa de R$ 8,6 milhões em São Paulo. A informação é da coluna de Fausto Macedo, do jornal O Estado de S.Paulo desta segunda-feira (22).

O pedido de confisco dos bens do empreiteiro foi feito pelo Ministério Público Federal em novembro do ano passado. A decisão de Moro saiu em 14 de abril deste ano, algumas semanas depois de Odebrecht ser condenado a 19 anos e 4 meses de prisão por corrupção, lavagem de dinheiro e associação criminosa no âmbito das investigações que apuram o esquema de corrupção que envolve a Petrobras, empresas e políticos.

No despacho, Moro afirmou que Marcelo Odebrecht é “o principal responsável pelo pagamento das propinas” na empresa e que, na ocasião, “o patrimônio do condenado Marcelo Bahia Odebrecht, como um dos responsáveis pelos crimes, está sujeito à constrição para reparação do dano”.

Desde então, os confiscos vêm sendo executados. Além da casa, sete carros da família avaliados em R$ 688 mil e R$ 14,5 milhões em saldo de conta, ações e aplicações bancárias foram confiscados.

 

Jornal do Brasil

 

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe