Por pbagora.com.br

Boletim médico divulgado pelo Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, às 11h40 desta terça-feira (19) informou que a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, “encontra-se estável com o uso de medicação analgésica”.
 

A ministra foi internada na madrugada desta terça após sentir fortes dores nas pernas durante o trabalho na segunda (18) em Brasília.

 

Dilma disse que sentia dores “lancinantes”, segundo informou o “Jornal Hoje”. Ela foi medicada com analgésicos derivados de morfina e submetida a exames de sangue, que tiveram resultados normais. Como a ministra ainda sente dores, os médicos decidiram mantê-la internada até a quarta (20) para fazer uma nova avaliação, ainda de acordo com o “Jornal Hoje”.

 

No comunicado, o hospital informa ainda que as dores são causadas por um quadro de “miopatia”. Segundo a assessoria do Sírio-Libanês, trata-se de uma inflamação muscular decorrente do tratamento de quimioterapia.
 

Ao chegar ao hospital, ela foi submetida a uma ressonância magnética. Um boletim médico divulgado às 3h36 informou que o resultado do exame “mostrou-se dentro da normalidade”.
 

A ministra está tratando um linfoma, um câncer no sistema linfático, e realizou, até o momento, duas sessões de quimioterapia.

 

Lula

Na China, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu a notícia da internação da ministra Dilma. Ele afirmou que recebeu um telefonema com notícias de que a ministra tinha tido uma reação à quimioterapia, mas que estava se recuperando bem.

 

Boletim

Veja a íntegra do boletim divulgado pelo hospital:

 

“A Sra. Ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, segue internada no Hospital Sírio-Libanês desde a madrugada desta terça-feira (19/05), para tratamento de dores nos membros inferiores, causadas por quadro de miopatia.

A paciente encontra-se estável com o uso de medicação analgésica.

Dr. Antônio Carlos Onofre de Lira

Diretor Técnico Hospitalar

Dr. Riad Younes
Diretor Clínico”

 

 

 

G1

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Famintos: atual e ex-secretários da gestão Romero são denunciados pelo MPF

O Ministério Público Federal (MPF) apresentou à Justiça Federal nesta terça-feira (21) uma denúncia contra servidores da prefeitura de Campina Grande, investigados pela Operação Famintos, que apura desvios de recursos…

Wilson Filho recebe de João Azevêdo garantia de construção de rodovia ligando Tavares a Nova Olinda

O deputado estadual Wilson Filho (PTB) esteve reunido, nesta segunda-feira (19), com o governador João Azevêdo (Cidadania); o prefeito de Tavares, Aílton Suassuna (MDB); e a primeira-dama do município, Shelley…