O deputado estadual João Gonçalves, do Podemos, disse, durante entrevista nesta quarta-feira (17), que está pronto para fazer parte do 1º escalão do Governo do Estado, mas adiantou que vai aguardar o anúncio do governador João Azevêdo (PSB) sobre sua ida para ocupar a Secretaria de Articulação Política da gestão estadual. Segundo o parlamentar, a expectativa é que o prego seja batido ainda na tarde de hoje.

João explicou que o anúncio já foi feito pelo líder do Governo, Ricardo Barbosa (PSB), todavia ainda aguarda uma declaração pública do chefe do executivo para finalizar os trâmites da licença na Casa de Epitácio Pessoa.

“Isso é uma discussão entre o governador do Estado e o parlamentar. Evidente que o líder do governo, ele na ânsia, na vontade, de que nós pudéssemos ir assumir essa pasta, antecipou algumas informações, porém, é evidente que tem que partir do governador. Eu já estive com João antes de ontem e deverei hoje concluir essa conversa. Há realmente a tendência de ir para a Secretaria, mas precisamos ter a última convexa com o governador. Já fiz a minha parte que deveria ter sido feita na Assembleia, já conversei com o presidente, com o suplente Lindolfo, e aí sim deveremos hoje conversar com o governador Azevêdo e aí quem deve comunicar é ele”, disse.

A expectativa é que na próxima segunda-feira (21), o parlamentar já inicie a semana na qualidade de secretário e o segundo suplente Lindolfo Pires, também do Podemos, retorne à titularidade do mandato na Casa de Epitácio Pessoa para ocupar a vaga de Gonçalves.

“Tudo acordado, acertado para que na próxima semana seria a nossa ida, mas isso aí vamos conversar com João e é ele quem deverá tomar um posicionamento”, ressaltou.

Indagado se a ida para a pasta seria uma decisão pessoal, João deixou claro que é Governo e estar para ajudar o governo e o povo da Paraíba, seja qual foi a circunstância, em um mandato de parlamentar ou colaborando com o executivo.

“Minha decisão é de ajudar o povo da Paraíba, de ajudar o governador. Vocês vejam que todo dia ele tem uma agenda positiva e propositiva, com obras, concursos e obras para a Paraíba e a parte política não pode estar separada da administração do governo, então o governador, na hora que propõe a união da articulação entre as secretarias, ele proporciona que o meio político também esteja na gestão”, arrematou.

 

Com informações de Eliabe Castor

PB Agora

 


Veja como adquirir a certificação digital para pessoa física sem burocracia

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

2020: deputado aliado de João defende a unificação da oposição em CG

Pré candidato a prefeito de Campina Grande, o deputado estadual Inácio Falcão (PCdoB), defendeu, nesse fim de semana, a unificação da oposição para enfrentar o candidato a ser apresentado pelo…

Galdino faz apelo ao MP por mais tempo para gestores extinguir lixões

Em recente entrevista à imprensa o presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) deputado Adriano Galdino (PSB), assumiu o apelo dos prefeitos do Litoral Norte do Estado, que alegando falta…