Portal Congresso em Foco exclui Cássio e seus suplentes da lista dos Senadores eleitos na PB

Um levantamento publicado pelo portal Congresso em Foco, nesta quarta-feira (17), excluiu o ex-governador da Paraíba, Cássio Cunha Lima (PSDB) da lista dos senadores eleitos em 2010 e destacou, em seu lugar, o nome do terceiro colocado no pleito, Wilson Santiago, do PMDB.

No levantamento, nem Cássio, nem os suplentes são citados. A matéria em questão avalia os patrimônios e funções de cada senador eleito em 2010.

Confira os dados do portal Congresso em Foco sobre os senadores eleitos pela Paraíba:

PARAÍBA

– Vitalzinho (PMDB)
 

Patrimônio declarado: R$ 888.842,05
 

1º suplente: Raimundo Lira (PMDB) – empresário, foi senador entre 1987 e 1995. Doou R$ 870.000 para a campanha do senador eleito.
 

Patrimônio declarado: R$ 54.343.693,03
 

2º suplente: Tavinho Santos (PTB) – vereador em João Pessoa. Doou R$ 1,6 mil para a campanha do senador eleito.
 

Patrimônio declarado: R$ 821.686,12
 

– Wilson Santiago (PMDB)
 

Patrimônio declarado: R$ 659.809,28
 

1º suplente: Marcondes Gadelha (PSC) – deputado. Foi um dos denunciados pela CPI dos Sanguessugas. No dia 20 de dezembro de 2006, o Conselho de Ética

arquivou a denúncia contra Gadelha, alegando que o pedido da CPI era “inepto”, pois não havia indícios da participação dele no esquema de irregularidades.
 

Patrimônio declarado: R$ 836.719,89
 

2º suplente: Sanny Japiassu (PMDB) – procuradora do Estado, é irmã do vereador Perón Japiassu, de Campina Grande.
 

Patrimônio declarado: R$ 179.376,14

 

PB Agora com Congresso em foco

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Veneziano vota a favor da partilha do pré-sal para os municípios

O Senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB) votou favoravelmente, na manhã desta terça-feira (15), ao Projeto de Lei (PL 5.478/2019) que divide parte dos recursos do leilão do pré-sal com…

Nova casa: Durval Ferreira se prepara para chegar ao PL com ‘status’ de general

De malas prontas para trocar de partido, o vereador licenciado Durval Ferreira migrará para uma nova casa partidária – o PL (Partido Liberal) – com direito a um ‘status’ de…