Apesar de o senador José Maranhão, que é o presidente do PMDB na Paraíba, ratificar a intenção da legenda em lançar candidatura própria nas eleições de 2018, uma reportagem veiculada no Jornal o Estadão, mais uma vez excluiu o Estado do rol de federações onde o PMDB pretende lançar candidatura própria no pleito do ano que vem.

A última vez que a executiva havia excluído a Paraíba do processo foi através de uma declaraçãodo senador Romero Jucá (PMDB).

De acordo com a matéria, o PMDB deverá ter candidatura própria ao governo em pelo menos 12 Estados: Alagoas, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Pará, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins.

No tocante a Paraíba, segundo a reportagem, a possibilidade é de aliança com o PSDB.

As conversas de aliança entre PMDB e PSDB podem evoluir também no Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Piauí, Pernambuco e Santa Catarina.

O senador José Maranhão ainda não se pronunciou sobre o prognóstico

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Vereador diz que candidato à PMCG já foi escolhido, mas só Romero irá divulgar

O nome da situação para encabeçar a chapa majoritária na sucessão municipal em Campina Grande já foi escolhido pelo prefeito Romero Rodrigues (PSD) e só falta ser divulgado. Pelo menos…

Após postagem de Bolsonaro, Lula cobra do Congresso ação em defesa da democracia

O ex-presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), usou seu perfil numa rede social para cobrar do Congresso e da sociedade ação em defesa da democracia. A postagem…