Por pbagora.com.br

Desgastado, o ministro Pepe Vargas vai deixar o comando da Secretaria de Relações Institucionais do governo federal e as atividades de articulação política do governo da presidente Dilma Rousseff serão assumidas pelo vice-presidente Michel Temer (PMDB). As informações foram divulgadas por uma nota oficial da Presidência, nesta terça-feira (7).

 

Antes disso, o líder do PT na Câmara dos Deputados, Sibá Machado (PT-AC), chegou a divulgar tal informação por meio de sua assessoria de imprensa. Sibá participou de reunião dos líderes da base aliada com Dilma nesta terça.

 

Na última segunda-feira (6), Dilma havia sondado o ministro da Aviação Civil, Eliseu Padilha, que é um peemedebista próximo de Temer, para assumir a SRI, mas a troca acabou não se concretizando.

 

Com Temer à frente da articulação política do governo, Dilma coloca o presidente do maior partido aliado, o PMDB, no comando de uma área problemática desde o início de seu segundo mandato, o relacionamento com o Congresso, principalmente com o PMDB.

 

Confira a íntegra da nota divulgada nesta terça pela da Presidência da República:

 

"A presidenta da República Dilma Rousseff anunciou nesta terça-feira, 7 de abril, que a Secretaria de Relações Institucionais passa a integrar as competências do vice-presidente da República Michel Temer. Ela agradece o empenho, a lealdade e a competência do ministro Pepe Vargas, que deixa o cargo."

Terra

 

Notícias relacionadas

Bruno encaminha empréstimo de R$ 75 milhões junto ao Banco do Nordeste

O prefeito Bruno Cunha Lima recebeu na manhã desta quinta-feira, 15, dirigentes do Banco do Nordeste (BNB). Durante a visita de cortesia, Bruno tratou com os representantes do banco oficial…

Em comunicado Superintendente do Detran-PB pede desligamento do cargo

Em comunicado a imprensa o Diretor Superintendente do Departamento Estadual de Trânsito da Paraíba, Agamenon Vieira, pediu na noite de ontem (14), seu desligamento do cargo, ao governador João Azevêdo,…